Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2018

O destino é imutável? Uma visão clássica

É comum astrólogos modernos criticarem a astrologia clássica dizendo que ela se baseia numa concepção de destino estóica, altamente determinista.

Segundo os estóicos, seu destino já está escrito, cabendo a você aceitá-lo ou não - aliás, o único momento em que é cabível uma decisão humana no processo.

Os críticos se baseiam em Vettius Valens e Firmicus Maternus que, para eles, seriam as fontes primárias da astrologia clássica, e onde se percebe, sem nenhuma sutileza, a concepção de destino oriunda da escola filosófica do estoicismo.

Eis o problema: eles não são as fontes primárias.

Antíoco de Áscalon ou Antíoco de Atenas?
Na compilação do Catálogo do códice dos astrólogos gregos (catalogus codicum astrologorum graecorum, ou CCAG), o historiador Franz Cumont, ao se debruçar sobre a compilação de conceitos astrológicos feita pelo astrólogo de nome Antíoco de Atenas, especula, com evidências um tanto frouxas, que este seria o mesmo que Antíoco de Áscalon, um dos primeiros archons da aca…