25 de jul de 2012

Lua natal do dia: Libra

Por ser a Lua do meu pai, chegamos a uma das luas mais familiares a minha pessoa depois da minha lua natal. A descrição dela é impressionante para mim:

A pessoa é muito devotada aos devas, santos e brâmanes, é pura, sábia, mas controlada pela esposa ou por mulheres. Ele é alto, e seu nariz é elevado. Seus membros são fracos e magros, ele tem o hábito de viajar e é rico. Tem membros defeituosos, mas é inteligente no comprar e vender. Ele tem um segundo nome em honra a algum Deva. É aflito por doenças e sempre está pronto a fazer o bem aos seus amigos e colegas, mas no final acaba sendo reprovado e no final abandonado por eles.

Eu fiquei impressionado com o texto porque tem muitas semelhanças com a vida do meu pai, algumas delas literais.

Como o texto diz respeito à cultura indiana, temos de adaptá-lo à cultura brasileira contemporânea. As religiões proeminentes no Brasil não usam a terminologia empregada pelo autor mas podemos fazer uma equivalência, ainda que seja um anacronismo (mas astrologia é um grande exercício de anacronismo...). Assim, quando o texto diz que a pessoa recebeu um segundo nome em homenagem a um Deva, podemos dizer que no Brasil ela teria um nome composto em homenagem a algum santo ou anjo.

No caso do meu pai, isso é verdade. Seu segundo nome (Geraldo) foi dado em homenagem a São Geraldo, Santo do dia em que nasceu, 2 de março. Outra pessoa que conheci com Lua em Libra recebeu o nome de Maria Regina, em homenagem a Maria. O segundo nome (Regina) é rainha em latim, uma clara alusão à virgem.

Aqui, uma pausa para o ceticismo: não, eu não acredito que toda pessoa com nome composto obrigatoriamente teria lua em libra. Não quero me passar por ingênuo e por isso suponho que talvez os dois exemplos acima que confirmam a interpretação sejam achados mais raros do que parecem à primeira vista, que eu tive a coincidência de conhecer de perto. Em astrologia, como qualquer conhecimento, nada funciona 100% do tempo.

Mais importante que saber isso, é entender o porquê mas, em astrologia, muitas vezes as razões são um luxo do qual os livros nos privam. Vamos, por hora, nos concentrarmos naquilo que sabemos. Primeiro, falemos de Vênus, regente de Libra.

Vênus é um Brâmane

Vênus e júpiter são planetas da casta dos brâmanes. Os brâmanes eram uma classe instruída, intelectual e espiritualmente. Portanto, esses planetas representam orientadores ou reflexões que temos ao longo da vida.

Enquanto Júpiter daria orientações baseadas em princípios morais ou éticos, Vênus as daria baseadas no que seria bom para a pessoa em termos práticos, visando bem estar físico e material. Júpiter é mais preocupado com o bem-estar psicológico e na busca por sentido (o que indica o grande interesse das Luas em Sagitário por psicologia, psicanálise ou filosofia).

Por exemplo: Se casar e ter filhos são decisões que tem um impacto profundo na vida de alguém e, para realizá-las ou não, precisamos de orientação, mesmo que ela venha de dentro de nós, ao refletirmos.

Pode pensar nisso de um modo jupiteriano ou venusiano. Se for júpiter, você pensa de um modo mais impessoal e filosófico. Um exemplo seria pensar em não ter filhos porque o planeta está superpovoado. Outro seria pensar em tê-los porque você é Cristão e "os filhos são a herança do Senhor".

Se você pensar à luz de Vênus, as coisas mudam de figura. Você pode pensar que ter filhos é bom por um lado e ruim por outro, mas por razões práticas. Quando se tem crianças, é preciso trabalhar mais para sustentar uma boca a mais. Por outro lado, você tem carinho de uma criança e o conforto de contar com alguém na sua velhice (isso se o seu filho não for um psicopata).

A lua em Libra dota a mente do nativo com os significados de Vênus. Quando o chama de sábio, é porque Vênus é um brâmane, mas a sabedoria de Vênus é extremamente prática, muito pouco filosófica. Sabendo muito ou pouco, sendo eruditas ou não, elas são simples e acessíveis. A sabedoria de Libra reside em pensar nas experiências de vida como um balanço entre o lado bom e o ruim delas, no que tange ao bem-estar material.

Para o nativo de Lua em Libra, a religião ou a filosofia é vista num sentido mais prático, ajudando-o a tomar decisões no dia a dia.

Quanto aos outros significados de Lua em Libra...

Tem o hábito de viajar e é rico: a pessoa pode ter uma profissão que a obrigue a ser itinerante, ou então ela gosta de viajar. A profissão do meu pai é um exemplo claro disso. Ele é um representante da indústria farmacêutica e visita os médicos em seus consultórios. Talvez as viagens sejam evocadas aqui porque Vênus é um planeta que representa veículos e Libra é um signo móvel (cardinal). Quanto à riqueza, isso depende de inúmeros outros fatores, mas para mim é notório que pessoas com essa Lua fazem milagres com o dinheiro que recebem. Como disse, Vênus é um brâmane que orienta sobre questões práticas.

 

Está sempre pronto a fazer o bem a amigos e parentes, mas ao final é reprovado e rejeitado por eles: Esse é um tema comum da lua em libra, e confesso ainda não saber a razão astrológica para essa interpretação. São pessoas muito dispostas a ajudar os outros, generosíssimas, mas não conseguem cobrar dos outros o respeito e a atenção que merecem, e podem ser negligenciados. Ou então a pessoa é injustamente avaliada: ela se doa até demais para os outros, mas comete um deslize que é muito criticado, ou as pessoas só vêem as gafes e grosserias que ela comete e se esquecem das suas boas ações. Nada, porém, que não seja contornável: é preciso algum tempo e maturidade pra essa lua ficar "esperta" nesse sentido e aprender a dizer não a pedidos de ajuda nos quais a pessoa vai se doar demais e será em seguida rejeitada.

 

(Pessoas que pensam com seu Júpiter hão de questionar a afirmação acima, dizendo que não se deve esperar retribuição de qualquer favor. Como eu disse, estamos usando a Vênus para refletir sobre as experiências de vida, e ela pensa de uma forma totalmente diferente de Júpiter. Não à toa que Vênus seja inimiga de Júpiter... Enquanto ele se pauta em moral, ética e filosofia, ela se pauta em bem-estar: para que ajudar muito a quem não vai nem ligar pra você no dia do seu aniversário?)

 

Pessoas com maléficos na casa 3 podem sofrer dessas mesmas injustiças, mesmo não tendo lua em Libra. Com esse adendo, fica claro para os críticos mais apressadinhos que uma mesma interpretação pode ser encontrada em dois mapas, mas por meios diferentes.

 

A técnica da Mulatrikona e do domicílio.

Touro é a Mulatrikona da Lua. Contando a partir de Touro, Libra seria o sexto signo, e guarda relação com doenças. Isso explica o trecho "ser aflito por doenças"


 

Câncer é o domicílio Lunar e o décimo signo de Libra, indicando alguma posição de renome, ou grandes feitos, o que explica a generosidade.

 

Dessa vez, vamos nos aprofundar mais: a queda da lua (escorpião) fica no segundo signo de Libra e, com isso, a pessoa pode sofrer com amigos e pessoas sobre as quais tem responsabilidade (um tema da casa 2). Não explica, porém, o fato do autor dizer que Lua em Libra são pessoas ricas, que lidam bem com seus recursos.

3 comentários:

  1. Olha só que coincidência (ou não) kkk o meu nome e não o sobrenome é o nome de uma deusa aí a isis e toda a descrição aí da lua em libra que eu tenho bateu só queria que você me dissesse se ela da beleza física já que o regente é vênus..bom ótimo post

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu acho que sim, mas depende do restante do mapa

      Excluir
  2. E quando essa lua em libra ta em combustão? (Sol em libra também)

    ResponderExcluir

Contato e Créditos

rtveronese@gmail.com Para dúvidas, reclamações, críticas e consultas.