Pular para o conteúdo principal

Tentarei reativar o forum

Caros leitores,

Um recurso valioso que eu deixei de lado por muito tempo é o Forum do Astrosphera. Ali, os interessados podiam mandar suas perguntas, poderíamos estudar casos juntos...


Acho que deixei de lado por achar na época que a postagem dos tópicos era deveras trabalhosa. Estou pensando em retomar o fórum porque já chegamos num nível no qual eu preciso do feedback dos leitores. Não adianta nada eu ficar aqui escrevendo para as paredes entenderem. Estando lá, o leitor pode mostrar claramente o que não entendeu e eu poderia responder mais que imediatamente.

Então, de hoje em diante vou dar uma atenção maior ao Fórum e tentarei associá-lo ao blogue. Quando houver um artigo que exija muitos conceitos paralelos, ele será postado no Fórum e vocês terão a chance de aprender lá.

Comentários

  1. Olá Rodolfo.
    Comecei há relativamente poucos meses a estudar astrologia (portanto,muita pouca experiência) e tenho me interessado pela védica porque para mim, da teoria que li, é-me mais lógico o zodíaco sideral. Pelo menos é essa ideia com que estou.
    Tenho a intenção de conhecer melhor ambos para me esclarecer.

    Ainda não pude fazer comparação do meu mapa com o zodíaco sideral pois não consigo arranjar forma de o calcular por net (uso linux e não sei de software de astrologia védica para este sistema operativo).

    Dando-lhe um feedback... tem um blog com muita informação útil. Tenho aprendido muito por aqui. E agradeço-lhe desde já por expôr o conhecimento que tem.

    Só há uma situação que às vezes me complica, mas isso penso que seja mesmo de mim, por tender a ser metódica, um bocado linear e simplista.
    Por vezes acho as suas explicações um pouco difíceis de perceber. Tenho de prestar bem atenção e ler repetidas vezes alguma parte do texto porque posso cair no erro de interpretar mal. Por exemplo tive alguma dificuldade em compreender o post da distinção entre o zodíaco tropical e o sideral. Mas acabei por conseguir.
    Outro exemplo, sobre o post dos aspectos usados na astrologia ocidental... Eu já tinha lido e compreendido sobre os aspectos antes de me deparar com o post do blog. Quando o li achei que, caso não tivesse percebido antes, com a sua explicação teria demorado mais tempo a perceber.

    Já me apercebi que vou ter dificuldade em aprender a astrologia védica porque é complexa. Arranjei alguns e-books e estou com dificuldade em percebê-los. A cultura indiana por si, para mim é complicada demais para o meu gosto. Metáforas e "enfeites" a mais...

    Por isso pergunto, há possibilidade de dedicar algum post sobre a significação dos planetas? A significação essencial deles, os karakattwas, se não estou em erro. Relativamente aos karakas já encontrei.

    Já vi que a astrologia védica tem coisas que a ocidental não tem e ando meio perdida, não sabendo bem que sequência de assuntos devo pegar.

    A ideia de retomar o forum é boa. Vai ser mais fácil para adquirir e trocar conhecimento.

    Sofia

    ResponderExcluir
  2. Sofia, obrigado pelo retorno tão gentil.

    Eu passei pela mesma via crúcis que vc e a melhor maneira de aprender jyotisha tem sido através de um astrólogo norte americano que morou dez anos na índia e é casado com uma indiana. Seu nome é Ernst Wilhelm. Eu já o coloquei em alguns links por aqui.

    A jyotisha pode ser aplicada de um modo muito amplo,prático e sem essas metáforas e pérolas religiosas confusas para os ocidentais.

    Vou tentar postar alguma coisa sobre os significados dos planetas como vc sugeriu.

    Rodolfo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como interpretar uma Revolução Solar?

No post anterior eu comecei a falar sobre o método de previsão mais popular da idade média e renascença: direções primárias + revolução Solar. Também lancei no ar uma frase não-tão-enigmática assim:
Na revolução, qualquer coisa que signifique o nativo deve estar em contato com qualquer coisa que signifique o evento Neste artigo, vamos decifrar a frase acima: você aprenderá a interpretar uma revolução solar de um modo minimamente decente pra você já fazer alguma previsão.

Para ter um entendimento satisfatório desse artigo, você precisa saber alguma coisa de astrologia: o que cada casa e planeta podem representar, o que são partes árabes, e o que são aspectos/conjunções. É um artigo para os já iniciados, mas você que está começando agora pode consultar outras fontes pra entender o que falo aqui - com a internet, não será difícil.

Como nascem os eventos? As aulas de astrologia horária que você anda fazendo com o tio William Lilly deveriam te levar a mais além de encontrar seu cachorro. E…

o melhor livro de astrologia dos últimos tempos.

Você, leitor que começa a se interessar em astrologia, está diante de uma chance única de começar a aprender a arte da melhor forma possível. Nesse artigo, eu apresento um link com o download para o melhor livro de astrologia medieval com o qual eu me deparei nos últimos tempos.

Acho que não estou exagerando. Invejo quem começaria a estudar astrologia pelo que vou apresentar nesse artigo. Se em 2003, ano em que comecei a me interessar por astrologia, alguém me oferecesse esse livro, teria poupado minhas retinas de uma colossal quantidade de lixo.

Talvez, por ainda não ter visto tanto lixo, eu não saberia valorizar o momento em que me deparo com uma obra como essa. Valorizando ou não, se tivesse essa obra nas minhas mãos inexperientes em 2003, teria começado a estudar astrologia em alicerces sólidos o bastante para que deles eu não saísse nunca mais.

Livros bons, trabalho árduo (para obtê-los)  A astrologia praticada de forma mais aprofundada é um saber não tão popular quanto se pen…