Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2010

A difícil arte de ser simples

Astrologia é muito difícil porque consiste em reunir diversos fatores e sintetizar uma interpretação. O que em tese é muito fácil é a metodologia de estudo.
Em se tratando de Astrologia tradicional - incluindo a indiana e a clássica do ocidente - a metodologia é até simples. Eu poderia listá-la em dois passos: Primeiro passo é estudar o mapa natal e ver a promessa de acontecimentos. Por exemplo, se a pessoa casará ou não, quantos filhos terá, qual será a sua profissão, etc. Essa etapa seria o "o quê?"O segundo passo é situar o que foi conseguido no primeiro passo: é o "quando?" Perceba que as etapas são simplórias de serem entendidas. Extremamente difícil é o trabalho necessário para concluir as metas de cada uma. Essa dificuldade é muito grande na primeira etapa, e na segunda, é menor, e portanto é mais tentador passar à segunda sem investir na primeira. De fato, a astrologia indiana é tão boa na segunda etapa que eu vejo vários exemplos de previsão sem que ocorra …

A Casa e sua Imagem

É natural um certo mau humor quando nos deparamos com a profusão de pontos a serem analisados em Astrologia Medieval. Quando você pensa que encontrou algo mais simples na astrologia védica, se enganou completamente... Porém, à medida em que vai aprendendo a usar esses símbolos, eles se tornam seus aliados mais fiéis.
Para lidar com tantos significadores (karakas), os indianos lidam com derivação de casas constantemente. É um sistema simples, se o praticante for nele iniciado corretamente. Caso contrário, vai se confundir. A derivação de casas mostra claramente que um assunto pode ser visto sob várias perspectivas, sendo a origem das perspectivas dependente dos pontos usados como referencial.
Isso pode ser visto no exemplo abaixo:
*O ascendente do mapa em Touro, o zodíaco usado é sideral (Lahiri ayanamsa). Cada quadrado é um signo, a ordem zodiacal no sentido horário (e não anti-horário, como no mapa ocidental). Os signos nunca mudam de "quadrado" nesse tipo de mapa, o ascendent…

escolha o tema, depois interprete o planeta

Sendo um sistema de interpretação muito complexo, é surpreendente que dentro da Jyotisha você encontre simplicidade onde menos se esperaria, se compararmos com a técnica de interpretação Ocidental.

Aqui no ocidente, existem coisas misteriosas com as quais o astrólogo se depara todos os dias. Talvez um dos maiores mistérios corriqueiros da Astrologia Ocidental contemporânea seja a interpretação de um planeta. Os astrólogos pós-modernos encaram esse momento muito respeitosamente, uma vez que crêem na capacidade do indivíduo reinventar a expressão dos símbolos de sua carta natal. À parte de ser uma visão interessante, possível e provável, ela precisa de um preparo maior do que o estudo da Astrologia per se. Para os Astrólogos do front, que encaram vários mapas por dia incluindo cartas mundanas, essa consideração serve apenas para nos deixarmos inseguros diante do silêncio. A maioria dos praticantes, portanto, ignora tal consideração, usando em seus julgamentos aquilo que eles encontram co…