18 de ago de 2008

Pra que serve uma lunação?

As Luas novas e cheias - chamadas na idade média de conjunção e prevenção, respectivamente - tinham um uso definido dentro da Astrologia Medieval, a saber, o da Astrometeorologia. Consiste em prever o tempo - palavra aqui empregada na sua acepção de "estado transiente do clima de uma região", e não "tempo" no sentido cronológico.

Na verdade, qualquer mapa de ingresso Solar em signos cardinais - seja ele anual, semestral ou trimestral - poderia prever as chuvas do ano. As Lunações apenas indicariam o mês com maior probablidade de chuvas dentro do trimestre. Para saber isso, usamos o mapa do momento em que a Lua faz uma conjunção (Lua Nova) ou oposição (Lua Cheia) exatas com o Sol. Felizmente todos os programas decentes de Astrologia fazem um mapa desse...

Nessa técnica, divide-se o mês lunar em duas metades : o período entre a Lua nova e a Lua Cheia e o período entre a Lua Cheia e a próxima Lua nova. No primeiro período, a Lua nova representará os primeiros 14 dias do mês Lunar, até que a Lua tome conta dos últimos 14 dias.

A dinâmica das previsões era relativamente simples: Examina-se o mapa da lunação de modo a observar os aspectos que a Lua faz com todos os cinco planetas. Aspectos com benéficos - principalmente Vênus - indicam chuvas. Aspectos com maléficos, tempo seco e quente. Há ainda um terceiro caso, mais complexo, no qual Vênus (ou outro benéfico) aspecta a Lua e um maléfico ao mesmo tempo. Se esse maléfico for marte, o tempo será nublado ou terá ventos fortes, trovões e relâmpagos, mas com pouca chuva. Se o maléfico for Saturno, haverá chuva.

Dentro do período estudado, o dia em que a chuva ocorrerá será indicado pelo momento em que a Lua passar por um signo aquoso ou úmido que aspecte o benéfico que ela aspectou no mapa da lunação. Simultaneamente, é provável que a Lua estará num ângulo - porám Masha'llah não define se esse ângulo é o do mapa da lunação ou o ângulo do dia em questão. De qualquer modo, a condição que indica muita chuva é dada abaixo:
  • Lua aspectando Vênus no mapa da lunação;
  • Lua em signo de água;
  • Vênus em signo de água;
  • O trânsito da Lua passando por um signo de água (Câncer, Escorpião e Peixes) e aspectando Vênus será o gatilho do toró...
No exemplo desse mês (ainda postarei o mapa...) veremos a lunação do dia 16 de agosto de 2008. Aqui, a Lua cheia está em Aquário, inconjunta a todos os cinco planetas... Estar inconjunto significa que a Lua não aspecta os signos nos quais se encontram os cinco planetas, o que nos dá a certeza de que não haverá chuvas até a próxima lua nova - isso na teoria...

Quando a Lua não aspectar planeta algum como no exemplo acima, Bonatti sugere que devemos prestar atenção na "Mansão" que ela percorre no momento da Lunação. O conceito de "mansão" está contido na Astrologia árabe e hindu e se baseia na criação de 28 (ou 27, se não me engano) constelações para a Lua em torno da eclíptica - as ditas "mansões lunares". Trata-se de um conceito confuso porque autores divergem na denominação das mansões - o que é essencial para se saber qual mansão predispõe a chuvas ou não. Sendo assim, não abordarei esse tema nebuloso hoje. Fica registrado aqui que Bonatti considera o grau 24 de Aquário como pertencente a uma mansão seca (página 1429, figura 36 do Book of Astronomy - tradução de Bonatti realizada por Benjamin Dykes).

Como não quero me valer das mansões, prefiro especular sobre a qualidade essencial do signo da lunação - Aquário - que é de ser quente e úmido. A quentura associada a umidade pode predispor a chuvas, porém Mashallah não diz que o signo lunar isento de aspectos produza chuvas. Normalmente é preciso ter um planeta benéfico para que as chuvas aconteçam. Se for para apostar, porém, no momento eu creio que até o dia 30 de Agosto - quando acontecerá a Lua nova - não teremos chuvas no Rio de Janeiro.

Esse post tem uma continuação. Clique aqui para acessá-la.

Um comentário:

  1. oi
    a lunacao é universal, entao, da maneira como voce está analisando, nao há aspectos ligando ao Rio de Janeiro.
    Em astrometeorologia se olha principalmente os planetas angulares e a casa 4, regente, e estrelas fixas.
    Y

    ResponderExcluir

Contato e Créditos

rtveronese@gmail.com Para dúvidas, reclamações, críticas e consultas.