Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2008

Anacronismo na interpretação

O quarto, local subterrâneo.

Se benéficos possuírem autoridade sobre o Horoskopos ou a Fortuna e estiverem presentes [neste local], tais [indivíduos] ganharão seu sustento de ofícios sacerdotais. E se aqueles que regem também tiverem regência sobre o Lote e ao mesmo tempo estiverem no local subterrâneo, receberão mensagens de visitas divinas e de fantasmas da imaginação.

E se a estrela de Ares estiver co-presente com eles enquanto estiver responsável pela Fortuna ou pelo Horoskopos, ele terá uma vida cheia de males devidos ao seu comportamento único e, depois de ter agido com vilania com outros, subitamente mudará suas circunstâncias e terá uma morte violenta.

Deve-se observar cuidadosamente que esse local causa a fama pós-morte e os legados de uma família. Quando acontecer dos maléficos estarem neste local, os [nativos] freqüentemente destinam suas propriedades a quem eles desejarem.

Antologia de Vettius Valens - livro II. Tradução para o inglês de Robert Schimidt. Project Hindsight, Gol…

E choveu no Rio de Janeiro...

Esse post é uma continuação do penúltimo, que foi sobre o uso das lunações na Astrometeorologia. Seguindo o link acima, você leu que, caso a técnica de Masha'Allah funcionasse, não choveria no Rio de Janeiro até o dia 30 de agosto - quando haveria a próxima Lua Nova, mas o contrário aconteceu... Sábado, 23 de Agosto, caiu uma chuva fina iniciada às cinco horas da manhã e que perdurou toda a manhã do mesmo dia. Diante desse fato, precisamos pensar melhor porque errei. Alguns erros do meu raciocínio foram apontados por Yuzuru. (Clique aqui para ver os posts sobre Astrometeorologia que ele escreveu no seu blog)

Como veremos a seguir, ele tinha razão. No momento, não darei atenção às outras ferramentas que ele citou no prognóstico do tempo, como as Estrelas fixas e a Casa IV. Aliás, esse é um bom momento para explicar o meu método de estudo: costumo ler livros antigos e testar o que eles sugerem. Para fazer isso, "dou a cara a tapa" e uso as técnicas registradas neles de um m…

Pra que serve uma lunação?

As Luas novas e cheias - chamadas na idade média de conjunção e prevenção, respectivamente - tinham um uso definido dentro da Astrologia Medieval, a saber, o da Astrometeorologia. Consiste em prever o tempo - palavra aqui empregada na sua acepção de "estado transiente do clima de uma região", e não "tempo" no sentido cronológico.

Na verdade, qualquer mapa de ingresso Solar em signos cardinais - seja ele anual, semestral ou trimestral - poderia prever as chuvas do ano. As Lunações apenas indicariam o mês com maior probablidade de chuvas dentro do trimestre. Para saber isso, usamos o mapa do momento em que a Lua faz uma conjunção (Lua Nova) ou oposição (Lua Cheia) exatas com o Sol. Felizmente todos os programas decentes de Astrologia fazem um mapa desse...

Nessa técnica, divide-se o mês lunar em duas metades : o período entre a Lua nova e a Lua Cheia e o período entre a Lua Cheia e a próxima Lua nova. No primeiro período, a Lua nova representará os primeiros 14 dias do…