Pular para o conteúdo principal

Exemplos de aplicação da analogia


No post sobre analogias você encontrará as dicas de como escolher a casa que mais tem a ver com o planeta em trânsitos ou qualquer outra técnica preditiva. Eu adianto a você que isso nunca será fixo, mas você pode priorizar qual seria o evento mais lógico. Agora vamos dar um exemplo de como aplicar esse conceito, com base na natividade acima. Vou analisar planeta por planeta, assim sabendo quais casas terão forte relação com cada um ou não.

Lua - Rege as casas 1 e 11 (por exaltação) e se encontra na 10. A lua fala de popularidade, mas também de mulheres e crianças, bem como viagens. Dessa forma, tem a ver com as casas indicadoras de pessoas, como é o caso. Quanto à carreira, terá mais a ver com popularidade. Pelo fato de se encontrar no mesmo signo da casa 11, podemos pensar que os grupos dos quais a nativa participa são predominantemente femininos, o que realmente acontece. A lua representa a mãe, e tem forte correlação com a casa 10. Um aspecto bom de um benéfico em trânsitos ou em revoluções nesse mapa terá maior relação com as casas boas que ele rege, e não com as ruins por derivação. Dessa forma, antes de pensar que as amigas sofrerão com a quadratura do sol transitante com a lua, é melhor pensar que a nativa terá uma ascensão na carreira, será reconhecida pelos seus esforços.

A lua só terá relação com a carreira se for aspectada em técnicas preditivas por outro planeta com relação natural para a fama e negócios (exemplo: o sol) ou que tenha regência sobre fama (casa 10). Se, contudo, ele for um maléfico, e fizer quadratura com a lua, a nativa pode sofrer, pois os maléficos não inclinam ninguém para a fama, se em mal estado ou em aspectos tensos. Saturno em quadratura com ela representa coisas ruins, então devemos procurar quais casas nocivas saturno rege e, a partir daí, devemos então correlacionar com o trânsito. Vou repetir essa lenga-lenga com todos os planetas.

O regente da quatro, principalmente se for um maléfico, pode trazer prejuízo às amigas da nativa e risco de vida se aspectá-la, pois a casa 4 é a oitava a partir da décima primeira.

Sol - Representa figuras de autoridade, famosas ou muito criativas. Se encontra na casa, 12, no décimo segundo signo, e rege as casas 2 e 10 como almuten. Como o sol tem muita analogia com a casa 10, o fato de ser Almuten da 10 o coloca como chefes da nativa em hospitais ou instuições de sofrimento humano, como manicômios. Ele tem em menor grau com a casa 2, e só terá grande analogia com ela se algum planeta ocupante da 2 ou que represente ela o aspectar em trânsitos.

Marte - Rege cirurgias, sexualidade, viagens e violência. Rege as casas 10 e cinco, além da sete como Almuten. Está posicionado na casa dois, no terceiro signo. Fará aspecto com Saturno na casa três, regente das casas sete e oito. Marte aqui tem maior relação com a casa oito, representando morte ao aspectar Saturno, todavia em técnicas preditivas ele pode se determinar às outras casas que rege se associado planetas que representem outros assuntos.

Vênus - Está na 12, rege a 11 e a 4, Almuten da 9, está em combustão e aflita por uma quadratura de Saturno, regente da oito e da sete. Vênus rege sexo, prazeres e representa mulheres e pessoas devassas, se aflita. Ela está mais determinada à casa onze por analogia, já que o pai é uma figura masculina, mas nesse caso Vênus é o pai por aspectar o sol e saturno, significadores essenciais de pai, e ao mesmo tempo ela rege a casa 4. Ou seja, nem sempre as analogias salvam a gente, pois quando planeta é bombardeado pelo mesmo tipo de significador, como vênus, é inteligente considerar que ela tem grande relação com esse assunto, mesmo que indiretamente. Como já disse com os outros planetas, aspectos dela pela lua tornaria mais ligada a amigas. Uma coisa que ainda não foi dita é o fato dela se aplicar a júpiter, presente na casa 2 e regente da casa 6 e 9, fazendo com que ela seja determinada também a estas casas. Quando um planeta é determinado assim no mapa natal, ele é um curinga. Dependendo dos planetas que o aspectarem em técnicas preditivas, pode gerar diferentes resultados. Mutcho loco.

Mercúrio - Está na casa um, angular. Rege a 12 e a três. Inclinaria mercúrio a relação com assuntos ligados a casa três (comunicação, intelecto). Mercúrio está em seu gozo na 1. A casa 12 nada tem a ver com ele, somente um aspecto de Saturno ou dos seus regentes para confirmar isso.

Saturno - Recebe uma aplicação da lua em trígono, regente da 1. Ele por si só rege a quatro por almuten, a sete e a oito. Como o trígono é um bom aspecto, espera-se que saturno se incline mais a representar o parceiro do que outra coisa no mapa natal, até porque ele rege figuras masculinas também.

Júpiter - Está no terceiro signo, mas na segunda casa, e tem muito mais a ver com dinheiro do que com outra coisa. A regência sobre a casa nove nos alerta para gastos devido a viagens, o que realmente é o caso. Júpiter está em detrimento e feral, representando exageros. O detrimento jupíteriano o inclina mais a doença do que a outra coisa, já que ele rege a casa seis. Júpiter só recebe um sextil aplicativo de Vênus (não mostrado no mapa).

É importante citar que Morin ainda criou uma última determinação: por oposição. Se eu tenho um planeta na casa 5, ele se determina a 11 por oposição! Pode?! É muita coisa, mas a analogias nos ajudam a separar o joio do trigo.

Comentários

  1. erro: a casa 4 é a sexta a partir da 11.

    ResponderExcluir
  2. A carta natal deste post não está aparecendo !!!

    ResponderExcluir
  3. A carta natal deste post não está aparecendo !!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como interpretar uma Revolução Solar?

No post anterior eu comecei a falar sobre o método de previsão mais popular da idade média e renascença: direções primárias + revolução Solar. Também lancei no ar uma frase não-tão-enigmática assim:
Na revolução, qualquer coisa que signifique o nativo deve estar em contato com qualquer coisa que signifique o evento Neste artigo, vamos decifrar a frase acima: você aprenderá a interpretar uma revolução solar de um modo minimamente decente pra você já fazer alguma previsão.

Para ter um entendimento satisfatório desse artigo, você precisa saber alguma coisa de astrologia: o que cada casa e planeta podem representar, o que são partes árabes, e o que são aspectos/conjunções. É um artigo para os já iniciados, mas você que está começando agora pode consultar outras fontes pra entender o que falo aqui - com a internet, não será difícil.

Como nascem os eventos? As aulas de astrologia horária que você anda fazendo com o tio William Lilly deveriam te levar a mais além de encontrar seu cachorro. E…

o melhor livro de astrologia dos últimos tempos.

Você, leitor que começa a se interessar em astrologia, está diante de uma chance única de começar a aprender a arte da melhor forma possível. Nesse artigo, eu apresento um link com o download para o melhor livro de astrologia medieval com o qual eu me deparei nos últimos tempos.

Acho que não estou exagerando. Invejo quem começaria a estudar astrologia pelo que vou apresentar nesse artigo. Se em 2003, ano em que comecei a me interessar por astrologia, alguém me oferecesse esse livro, teria poupado minhas retinas de uma colossal quantidade de lixo.

Talvez, por ainda não ter visto tanto lixo, eu não saberia valorizar o momento em que me deparo com uma obra como essa. Valorizando ou não, se tivesse essa obra nas minhas mãos inexperientes em 2003, teria começado a estudar astrologia em alicerces sólidos o bastante para que deles eu não saísse nunca mais.

Livros bons, trabalho árduo (para obtê-los)  A astrologia praticada de forma mais aprofundada é um saber não tão popular quanto se pen…