Pular para o conteúdo principal

Astrologia Highlander

No post anterior, nos deparamos com a grande quantidade de significadores relacionados a uma casa. Hoje nós vamos aprender como escolhemos um deles para representá-la em técnicas preditivas.

Assim como o Highlander, filme protagonizado Cristopher Lambert, quando se analisa uma casa, se a maioria dos significadores dela estão fracos, só pode haver um. Na verdade esse extremo nem sempre tão verdadeiro, mas quando todos estão fracos é muito difícil a realização dos assuntos de uma casa nos períodos regidos por esses planetas.

Uma casa possui em torno de cinco regentes (ver posts anteriores). Nem todos podem finalizar os assuntos dessa casa, pois estarão fracos. Fraqueza em astrologia é definida como:

  1. Aspectos tensos de Saturno e marte ao regente - conjunção, quadratura e oposição.
  2. Cadência (o regente posicionado nas casas 3, 6, 9 e 12 - leve em conta os signos a partir do ascendente também - por exemplo, o 12o signo a partir de Áries (peixes) pode indicar cadência numa pessoa com Ascendente Áries, mesmo que o planeta em peixes se encontre na casa 11).
  3. Debilidade zodiacal - O planeta em seu detrimento, queda, ou peregrino (signo no qual não tem dignidade alguma) com dispositor fraco (de acordo com as condições 1 e 2).
  4. Oposição ou conjunção ao sol: que gera a retrogradação e a combustão, respectivamente, grandes indicadores de fraqueza do planeta.

Listar todos as combinações de debilidade acima seria impossível. Cada planeta terá um determinado tipo de fraqueza, que deve ser comparada aos outros regentes. Às vezes trata-se da questão de escolher o regente menos fraco. Quando uma casa contém muitos regentes debilitados, temos de escolher aquele que é relativamente mais forte que os outros. Força não é algo absoluto em si, é uma grandeza relativa.

No exemplo acima, se quiséssemos escolher um regente para a casa 2, temos várias opções. Perceba que júpiter é o regente da casa 2 (em peixes) e se encontra aflito pela quadratura com Saturno. sua angularidade é excelente, mas passamos a análise de outros regentes na tentativa de encontrar um "menos pior". Vênus se exalta em peixes, sendo o segundo regente da lista. Ela está angular, mas combusta e em detrimento.

Depois de perceber que o domicílio e a exaltação de peixes se encontram fracos, passamos aos regentes das triplicidade que não se repetem, já que o primeiro é a já citada vênus em escorpião. Marte é o planeta mais próximo da cúspide da casa dez, mas se encontra combusto pelo sol, a despeito de estar em seu domicílio, escorpião. O terceiro regente da triplicidade se encontra longe de todas essas aflições, é a lua, está exaltada em touro, angular, mas recebe uma oposição de marte em escporpião. Como a oposição é um aspecto pior que a quadratura, e na configuração dada não há recepção, estamos diante de um dilema, no qual todos os planetas estão aflitos.

Quando isso acontece, há uma opção não referida no esquema que apresentei acima. Devemos escolher uma parte árabe que possua relação com o assunto em questão. E qual não seria a parte mais adequada para assuntos financeiros, senão a mais famosa das partes, a parte da fortuna ou pars fortuna?

Perceba que a parte da fortuna está em leão, aspectada pelo principal regente, o sol. Estou muito inclinado a encarar o Sol como significador financeiro dessa nativa: se um regente do signo na qual a parte se encontra a aspecta, ele ganha representação sobre os assuntos da parte. Todos os planetas que fazem conjunção com o sol não o afligem, pois marte está dignificado em escorpião. O sol está longe de receber uma quadratura de saturno. Chegamos a conclusão de que as finanças da nativas são fortes, posto que seu significador está angular, mas não tão fortes quanto um planeta em seu domicílio. O sol no exemplo está peregrino, e seu dispositor, marte, está combusto, indicando desse modo que as coisas pioram com o tempo.

O que podemos esperar? Nos períodos regidos pelo sol, a nativa desfrutará de um aumento no seu patrimônio. Como ela nasceu de dia, os períodos planetários começam pelo sol. Dessa forma, percebe-se que ela desfrutará de uma maior substância na sua infância. Quando a profecção do mapa chegar a casa 10 e entrar em conjunção com o sol, ela terá um aumento da sua renda.

Quando se ativar o período do regente principal da casa dois, júpiter, uma questão importante sobre dinheiro pode vir a tona, mas júpiter não tem poder como o sol para promover aumento da renda da nativa - perceba que ele está aflito por Saturno, indicando que as casa regidas pelo maléfico podem espoliar seu patrimônio. Isso significa que, nos períodos de Júpiter, a questão financeira importante não será um aumento da renda, mas sim uma perda. As casas que causariam aflição no exemplo são a 7 - parceiro, a 1 (aquário, regido por Saturno) e a 12 (inimigos secretos, internações, frustrações). A casa de libra pode contribuir para isso, pois saturno é candidato a Almuten da nove. Esse é o papel que o regente aflito de uma casa possui. Proceda assim com todos os planetas referentes a casa, e você terá um panorama para toda a vida dos altos e baixos de uma determinada área da vida.

Gabriela nasceu em 05 de novembro de 2006, dois dias atrás antes desse post.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como interpretar uma Revolução Solar?

No post anterior eu comecei a falar sobre o método de previsão mais popular da idade média e renascença: direções primárias + revolução Solar. Também lancei no ar uma frase não-tão-enigmática assim:
Na revolução, qualquer coisa que signifique o nativo deve estar em contato com qualquer coisa que signifique o evento Neste artigo, vamos decifrar a frase acima: você aprenderá a interpretar uma revolução solar de um modo minimamente decente pra você já fazer alguma previsão.

Para ter um entendimento satisfatório desse artigo, você precisa saber alguma coisa de astrologia: o que cada casa e planeta podem representar, o que são partes árabes, e o que são aspectos/conjunções. É um artigo para os já iniciados, mas você que está começando agora pode consultar outras fontes pra entender o que falo aqui - com a internet, não será difícil.

Como nascem os eventos? As aulas de astrologia horária que você anda fazendo com o tio William Lilly deveriam te levar a mais além de encontrar seu cachorro. E…

o melhor livro de astrologia dos últimos tempos.

Você, leitor que começa a se interessar em astrologia, está diante de uma chance única de começar a aprender a arte da melhor forma possível. Nesse artigo, eu apresento um link com o download para o melhor livro de astrologia medieval com o qual eu me deparei nos últimos tempos.

Acho que não estou exagerando. Invejo quem começaria a estudar astrologia pelo que vou apresentar nesse artigo. Se em 2003, ano em que comecei a me interessar por astrologia, alguém me oferecesse esse livro, teria poupado minhas retinas de uma colossal quantidade de lixo.

Talvez, por ainda não ter visto tanto lixo, eu não saberia valorizar o momento em que me deparo com uma obra como essa. Valorizando ou não, se tivesse essa obra nas minhas mãos inexperientes em 2003, teria começado a estudar astrologia em alicerces sólidos o bastante para que deles eu não saísse nunca mais.

Livros bons, trabalho árduo (para obtê-los)  A astrologia praticada de forma mais aprofundada é um saber não tão popular quanto se pen…